sábado, 17 de abril de 2010

first little thing...

Estou um pouco nervosa por fazer o primeiro post do blog, deve ser minha inexperiência total nesse ramo, até então só participava como leitora, então vão relevando algumas coisas, tá? Agradecida! rs.
Só uma curta apresentação antes da minha 'pequena coisa' de hoje. Esse blog pertence a 5 amigas (e um blog viajante, não? xD. Desculpa, prometo que será a última piadinha sem graça do dia) que querem escrever sem maiores pretensões.
Vai lá meu texto, escrito já há algum tempo e cujo sentido é meio incerto.


E foi impresso um comprovante:

“Está aí, a sua vida. Por favor, não pise fora das margens, tudo foi previamente determinado, basta aguardar. Sente-se. Peça um café. Leia ‘Caras’ ou assista tv. Nada importa. A partir de agora não há quem por si só decida. Esse é o rumo da sua vida e é só pra lá que você vai remar. Ninguém se importa se você teve sonhos, se esses mudam ou se pode sonhar. A fila é grande, é muita tutoria, por favor, entenda, agora é só aguardar. Reclamações são plenamente válidas, mas não perca seu tempo, é melhor acatar seu destino pronto, com tutorial e exemplificações.
Ah, pra que arriscar? Pra que se dar ao trabalho de traçar o próprio caminho se há quem projete, desenhe e arquitete tudinho pra gente por um preço módico e pintura inclusa sem taxa adicional? E pra que lutar por um sonho se as estatísticas dizem que ele não se realizará? Basta fazer as contas, custo/benefício, tire a prova, ‘noves fora’, e você vai notar.
Acredite na sua escolha. Tudo está traçado, caminho marcado, é só você aguardar. Deixe de besteira, já não há saída, se o fluxo indica um caminho por que não seguir? Pois bem, siga a fila indiana, não olhe pros lados e não perca a rota. Simples. Tão simples que nem é preciso pensar.”


Renata Oliveira.

2 comentários:

it`s a million little things disse...

Onde voce estaria, Duds, se nao fosse a ilusao? A sua doce ilusao de conseguir?
Como voce disse: ha um plano de rotas que ja envolve varias escolhas...
E tambem como diz o poeta: "A vida e uma grande ilusao...".Fica mais paradoxal ainda quando afirmamos que os sonhos sao o combustivel dela.
Afinal, nao teria graca se fizesse sentido e vice versa!
Angela

it`s a million little things disse...

É, Du...se iludir faz parte do viver. Acho que algumas poucas vezes podemos andar com as nossas próprias pernas, mas preferimos nos isentar dessa responsabilidade e escolhemos as pernas alheias...rs
Renata.